sábado, 4 de agosto de 2012

Levada pela chuva



E as pétalas caíram no chão
Derrubadas pela chuva
Raios, um clarão.
Ventos fazendo curva

Não sei se é real
Se é meu desespero
Dúvida infernal
Entre sonho ruim e pesadelo

Pra onde você foi?
A lama cobriu suas pegadas
Sumiu entre as gotas
E as lembranças amargas

Pra onde você foi?
Foi a chuva que te trouxe
E te levou do mesmo jeito
E do mesmo jeito fui doce.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Invisível

Eu olho pras pessoas
Tentando encontrar
Algum motivo
Para não parar

Caminhando entre vielas
E becos hostis
Agulhas quebradas
Mortais, civis

Eu olho pro céu
Tentando desvendar
Mistérios, segredos
Sob a luz do luar

Perdido nas sombras
Invisível, irreal
Procurando manobras
Algo racional.



Presente para minha amiga Carol Pessoa, vocalista da banda Dama de Preto!
\,,/

domingo, 6 de maio de 2012

Amor Insone


Quando você vai dormir
Ficar acordado perde toda a graça
Deito e rolo sem saber o que pensar
E nada chega no celular...

Quando você vai dormir
Meu mundo escurece
Não há música, nem programa de TV
Nada que me faça adormecer

Quando você vai dormir
Minha geladeira fica vazia
Me encho de solidão, insônia
Às vezes leite e o que tiver...

Sem ti me sinto perdido
Meu amor insone só te quer

Quando você for dormir
Me leve com você
Talvez a insônia não me deixe
Mas não deixe eu me perder

Contigo posso sonhar acordado
Sem temer a solidão ou me arrepender



quinta-feira, 3 de maio de 2012

Solitude


Acordei...
Acordei e abri a janela
Senti o cheiro das flores
Como o gosto da manhã
Como um dia para amores

Levantei...
Levantei e olhei pra cama
Um vazio, sem cores.
Não vi minha dama
E o dia se tornou para dores

Deitei...
Deitei, e em meio à solidão.
Antes da triste manhã, sucumbi.
E na sonolência angustiante em que me vi,
Meus olhos cerraram e assim, adormeci...


Agradeço ao apoio e colaboração da minha querida amiga Lara Utzig. xD

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Entre os Chuviscos



Ando por entre os chuviscos
Tentando ser atingido
A falta da tua chuva é a tristeza em meu coração.

Consigo escutar a música que as gotas causam
Mas não é a mesma sem ti...
Sem donzela
Sem dança
Sem cavalheiro

Não é bom olhar pro céu
E não conseguir ver
O caminho que as estrelas fazem

Não é bom olhar pra lua
E não ver a luz nua
Perder as esperanças
Andando nas lembranças....

Pois eles me mostrariam o caminho para te encontrar....