quinta-feira, 15 de julho de 2010

Eu sei que o tempo não vai parar

A noite vem escurecer
O céu quando eu não quero.
Você me abraça
E diz que o tempo não para.

Adoro o “estado” que estou
Mas o tempo não para
E o relógio parece que dispara.

Os segundos passam tão rápido
Que nem sinto direito o que acontece comigo.
As horas e o vento
Passam tão rápido que nem consigo viver direito

Adoro o “tempo” em que estou
Tenho que aproveitar o que me restou
Pois o resto...
Não demora a passar.